Caros colegas urbanistas,

Entramos entrando no segundo ano de gestão da SBU e informamos alguns avanços e desafios que estão por vir. E para superá-los precisaremos muito do seu apoio.

Nossas principais frentes de atuação neste primeiro ano de gestão tiveram como foco a garantia de atuação do profissional urbanista, nosso fortalecimento no sistema CONFEA/CREA-BA, atuação no CONCIDADES/BA, apoio aos estudantes do curso de Urbanismo e a representação do Brasil junto à Federación Iberoamericana de Urbanistas (FIU)

Fizemos intervenções junto à AGERBA e à Secretaria Municipal de Gestão da Prefeitura de Salvador, solicitando a inclusão do urbanista em concursos públicos e tivemos sucesso junto à Prefeitura, que incluiu o urbanista em duas vagas do edital. Na AGERBA, após negado nosso requerimento de inclusão, fizemos uma representação junto ao Ministério Público da Bahia e, em reunião coma promotora do GEPAM/MP, ela nos esclareceu que a AGERBA possui uma lei que define o quadro funcional da agência e nela o urbanista não está incluído. Diante disso, começamos, junto com a urbanista Camila Andrade, a construir uma estratégia para solicitação de inclusão do profissional urbanista nos quadros funcionais dos órgãos do Governo do Estado e de prefeituras municipais. Estamos elaborando uma cartilha que será enviada a prefeituras e órgãos do estado junto com um ofício da SBU solicitando a inclusão. Estamos também construindo uma parceria com a Comissão Especial de Desenvolvimento Urbano da Assembleia Legislativa da Bahia (CEDURB/ ALBA) para fortalecimento dessa ação.

Provocamos reuniões junto ao CREA/BA e CONFEA para encaminhar pautas dos urbanistas, quais sejam, a atualização do SITAC para a inclusão das atribuições já aprovadas na Decisão Normativa nº 104/2014, a ampliação de atribuições relativas ao Urbanismo no sistema, participação da elaboração do Grupo de Harmonização CONFEA/CAU para a criação de uma resolução comum aos dois conselhos, acompanhando as ameaças que insistem em surgir contra nosso exercício profissional e estamos tentando regularizar nosso Estatuto para que possamos integrar o sistema de entidades do CREA/BA, participando de Câmaras Temáticas, Conselhos e para que tenhamos acesso a recursos que o CREA/BA dispõe para apoiar suas entidades.

Começamos a construir uma parceria com a CEDURB/ALBA para garantia e ampliação do exercício profissional do urbanista, seja na ampliação de vagas de estágios para os estudantes do curso de Urbanismo da UNEB, seja para a inclusão do urbanista nos quadros funcionais de órgãos públicos. Estamos trabalhando em pesquisas e materiais de divulgação para em seguida iniciar tratativas junto aos órgãos relacionados.

Temos garantido visibilidade para a contribuição do urbanista à sociedade em espaços públicos e discussões relacionadas à nossa área, a exemplo da reconquista da vaga de Conselheiro junto ao CONCIDADES/BA e indicação de Delegado para a Conferência Nacional das Cidades, prevista apenas para 2018, dado nosso caótico cenário político. Nosso Diretor Leonardo Polli assumiu, representando a UNEB um assento na Câmara Técnica de Engenharia do CREA, além do apoio e participação em eventos da área como a SEMUR e conferências municipais de alguns municípios. Também nos fizemos presentes em debates e reportagens sobre questões urbanas na TV Aratu e na TVE, além de termos produzido uma nota sobre o PDDU de Salvador aprovado em 2016 e assinado, junto com diversas entidades nacionais e locais, Nota de Repúdio à MP 759 (disponíveis em nosso blog).

Estivemos mais próximos dos estudantes do curso de Urbanismo oferecendo apoio para a realização da SEMUR deste ano, contribuindo com o conteúdo dessa edição da Semana e agendando e participando com os estudantes de reunião com o CREA/BA para solicitação de apoio material e de divulgação. Também realizamos tratativas junto à SAEB para a ampliação do número de vagas de estágio para os estudantes do curso de Urbanismo no âmbito do Estado e com SEDUR e CONDER – com o valiosíssimo apoio dos urbanistas que trabalham nesses órgãos – para criação de demanda de vagas de estágios.

Em outubro ocorrerá o evento Urban Thinkers Campus em Barcelona, organizado pela FIU (http://ajuntament.barcelona.cat/jornades-ciutats-mes-vivibles/es/presentacion/). A SBU se fará presente por meio do nosso diretor João Pena. Esta será uma oportunidade de mantermos contato com a FIU e nos atualizarmos das nossas pautas comuns.

Também foi uma conquista a atualização das mídias digitais como meio de contato com os profissionais, estudantes de urbanismo e outros interessados, associados ou não à SBU. Esperamos sempre contar com seus acessos e comentários no nosso blog!

Recentemente, nosso diretor-presidente eleito, João Pena, teve a necessidade de afastamento da presidência da SBU para se dedicar aos estudos do doutorado na Universidade de Amsterdã, na Holanda. Apesar da sua permanência na diretoria da SBU, assumiu oficialmente a presidência, a urbanista Thais Rebouças, até então diretora vice-presidente.

Para o próximo ano possuímos ainda muitos desafios. Além do encaminhamento da ação de solicitação de inclusão do profissional urbanista nos quadros funcionais dos órgãos públicos, destacamos o nosso velho e urgente desafio em fortalecer o nosso vínculo com o Conselho de Classe. Até o momento, graças a diversas articulações políticas e judiciais movidas pela SBU em gestões anteriores, estamos inseridos no sistema CONFEA/CREA, mas constantemente temos nossas atribuições e nosso exercício profissional ameaçados pelo CAU e isso nos coloca em permanente posição de alerta. A SBU vem se esforçando em participar e convocar reuniões com o CREA/BA e CONFEA e felizmente ainda contamos com grande apoio e defesa dessas instituições na nossa luta pelo nosso exercício profissional, apoiando, inclusive, nosso protagonismo junto à entidade, no que tange às questões urbanas. É, portanto, nosso desafio, fortalecer ainda mais esses laços. Também pretendemos continuar próximos aos estudantes do curso de Urbanismo e atuando para termos mais visibilidade e mais apoios e para isso precisamos sempre da contribuição de todos os urbanistas.

Por acreditar na importância do papel do urbanista na transformação da sociedade e na redução das desigualdades socioespaciais, saímos deste último ano muito fortalecidos e satisfeitos com as duras conquistas obtidas. Porém, seguimos com desafios diários, dentre os quais, talvez o maior deles, seja justamente a manutenção e ampliação do nosso quadro de associados e o seu apoio enquanto colegas, expostos às mesmas questões profissionais. Somos um grupo reduzido de urbanistas, cheios de atribuições e jornadas de trabalho exaustivas. Por tudo isso, solicitamos a vocês urbanistas, que nos apoiemos não só nos associando, mas também atuando coletivamente para nosso crescimento. Participem das nossas reuniões, colaborem nas divisões de tarefas e vamos lutar juntos pela nossa profissão. Dessa maneira, certamente será mais fácil atingir nossos desafios e ampliá-los!

Por fim, segue abaixo, a nossa necessária Campanha para manutenção da nossa entidade:

A campanha deste ano mantém valores de referência do ano passado para cobrança da anuidade com possibilidade de associar-se ou não à FIU. Deste modo, seguem abaixo os valores de referência 2017:

Valor da anuidade

Para se associar apenas à SBU: R$ 50

Para se associar à SBU e à FIU: R$ 100,00 (anuidade SBU 2017 com desconto: R$ 20,00 + Anuidade FIU: R$ 80,00 )

Conta para depósito:

Banco do Brasil

Agência: 3158-5

Conta: 201401-7

Variação 51 (poupança)

Titular: Thaís de Miranda Rebouças

*Como a SBU não possui ainda conta bancária de pessoa jurídica, em função dos custos, temos a prática de utilizar a conta pessoal do diretor-presidente, devendo este prestar contas de todos os valores referentes à SBU ao final da gestão.

**O comprovante escaneado ou fotografado deve ser enviado ao e-mail diretoria.sbu@gmail.com. Prazo para pagamento: até 15/10/2017.

***Vale destacar a importância da regularização junto à Federación Iberoamericana de Urbanistas (FIU), da qual a SBU é membro fundador desde 2010.  A participação da SBU na FIU é necessária e importante politicamente, pois somos a única entidade a representar o Brasil na Federação, trazendo credibilidade à nossa entidade e ao profissional urbanista em nosso país. Além disso, há benefícios práticos aos urbanistas, como descontos ou acesso gratuito a eventos promovidos pela Federação; participação em projetos de pesquisa realizados pela instituição etc. para saber um pouco mais sobre a FIU, acesse: www.fiurb.org

Obs.: Continuamos com a filiação “online”, possibilitando, assim, a inserção de novos associados através de contato via e-mail com a diretoria (diretoria.sbu@gmail.com) para envio da ficha de inscrição, informação para pagamento e comprovação do depósito ou transferência do valor da anuidade. Ressalta-se que os valores arrecadados pela SBU são utilizados para o custeio mínimo da entidade, realização de pequenos eventos e participação em outros. Somos todos SBU!

Atenciosamente,

 

Thais Rebouças

Diretora-presidente Sociedade Brasileira de Urbanismo

diretoria.sbu@gmail.com

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s